Lost

Como prometido, venho contar a vocês minha aventura deste ultimo sábado (18/04/09).

Seguinte, eu recebi um convite para fazer uma corrida de aventura, ou trekking, como queiram chamar… Aceitando o convite, como se não bastasse estar de corpo presente, eu recebo a maravilhosa missão de ser o “navegador” da minha equipe (Vale salientar que eu aprendi como navegar na selva minutos antes da prova começar…). Até aí nada de anormal, tudo ocorreu tranquilamente até a metade da prova (cerca de 50 minutos até então), quando me deparo com a falta de sinalização no percuso, e acabo indo por um caminho errado, um pouco mais na frente quando percebo que o caminho estava errado, eu decido voltar, e encontro meu pai (Que era o navegador de outra equipe) errando no mesmo lugar que eu havia errado por falta de sinalização na prova… Até aí rodamos uns 40 minutos até encontrar um dos guias da prova que estavam tentando ajeitar a sinalizão que estava defeituosa. Até esse momento não tinha ocorrido nenhum problema, tudo nos conformes e tal, todo mundo com água e tudo mais… Até que esse guia resolve nos levar pra trilha correta para concluirmos a prova, trabalho em vão, pois estávamos muito longe da trilha, em mata fechada mesmo, e depois de andar mais uns 30 minutos, resolvemos entrar mata a dentro para conseguirmos chegar ao fim… E aí começa nossa “maravilhosa” saga… Depois de andar pela densa Mata Atlântica da reserva ambiental do Exército Brasileiro(local onde estava ocorrendo a prova) nos deparamos com uma duna ENORME, de uma elevação escomunal de mais ou menos 30 metros de altura, foi aí que a casa caiu, a água estava ficando pouca e o cansasso tomou conta tripulação. Depois de saírmos dessa duna, e andarmos bastante em cima das dunas, onde lembrava muito bem um deserto, encontramos uma outra subida, dessa vez menos íngrime, mas não menos cansativa, foi aí que a água acabou, e a sede começou a apertar, e ainda faltava uns 6 quilometros de caminhada novamente mata a dentro até chegar no final da prova. Resumindo, ficamos cerca de 3 horas e meia perdidos no meio da selva, sem água e com fome. Adquiri diversos arranhões, alguns cortes, uma ensolação e uma fadiga muscular que me fez passar o domingo acamado…

O evento ocorreu nas Proximidades da Cidade de Natal-RN, na Praia de Jenipabu, na Reserva Ambiental do Exército.

Mesmo com as adversidades, conseguimos tirar algumas boas fotos, que irei colocar aqui pra vocês:

ogaaabuonheitfao3rxqoakqbq4rnt1je9ldvt01auontqyzkm4y4a_oylzhyulb9tyvfuijsjpmv12dqghdo28j6amam1t1ue09is8v4shjeshnwbkwdtyhleuq

Os dois grupos perdidos na selva

ogaaaa_5fmx6mykuoyvbyef5i_zp2wwhevpbtg_gxayyxftkys-cc9ssdu17zlul9ifz4azdavwwitaf3om2nxerecaam1t1ujxifskwe_jbmo3k0heqddlvsisq

Depois de subirmos a primeira duna, caminhando sobre ela

ogaaaamvn6hx85zrdluesvd1i916ddflo95nchl7sqjlayfqh0suzrdzwuicpiy4ctzvumu7zlo27j-ebipfjbm6psmam1t1ub0qgnnzshi0cfqo4upfmegb8-_r

Imagina ver essa mata e não saber pra onde ir…

ogaaagppoiol5cixgtdqvbkcuvmrqzmvnozmv-gn2ncqcfkmxozsb1xtdgs3ewcgatnsqq_rshmyen3ljjfn2vdactsam1t1uaiu8kada-dpqwusufcrxpvmi4i

Tinhamos que descer de onde estávamos pela mata, para depois subir essa calorosa duna a frente

oqaaaihpqnmo77gxow3a_c7b8iqzk5rh6kjf313e7kj7gxsidczgkmf3dadb1edyms-ups3rdotg142v4an6cpajviam1t1ujhsufidxcwdnbrv7pcy8dcstrxe

Outra longa caminhada sobre as dunas potiguares

ogaaaiat1js4cycl46abdwebbb0tpnzyfveiuk8lsaxtzlczkdngwuwb5cmjwwygonu2uc8jkkx1ie67nn02xzavmkyam1t1un0g7d6xvuitv3h_dzmo5qbn6iiw

Apesar de ter ficado perdido, essa paisagem faz valer a pena, o RN é lindo!

Caso deseje ver as fotos maiores, é só clicar nelas.

Ps.: Nossas equipes(A minha e a do meu pai) não tinham nome, pois nós não achamos um nome pra colocar, entretanto, quando chegamos no final da prova, nos batizaram carinhosamente de “Equipe Lost” 1 e 2…

Pessoal, é isso, comentem aí sobre a aventura 100NexO na selva!

rodape

9 Respostas

  1. Quando comecei a ler achei era um tipo de trilha de carro…
    Putaquepariu!!! Vcs andaram pra cacete!!!
    Também… vai se embrenhar no mato…´dá nisso!!
    É por isso que adoro o bol e velho asfalto!! hehehehe

    Brincadeirinha… Melhoras aew!!

  2. Bom parabéns pela desenvoltura !

    Realmente pela história dá até para imaginar que esta aventura durou alguns dias ou pelo menos um dia completo.

    Depois que li que a aventura principal durou 3 horas, percebi o nível de frescura e sedentarismo.

    Mas de qualquer forma, fatiou passou….BOA 06 !
    auhUAHauHAUhuA

    • “Depois que li que a aventura principal durou 3 horas, percebi o nível de frescura e sedentarismo.”

      AUHauhUHAuhaUHAUhAUHA
      Meu negócio eh o tatame, negocio de andar na mata é para fracos!

  3. aUAHuAHuAhuahAUHAUHAuAHU 😀

    Eu sabia que vinha bomba! Porra dirceu que sinistro heim!

    Mas de agua vcs nao morriam, olha o tamanho da lagoa ali na foto! hehehhe

    Absssss

    • É, mas essa lagoa, é há uns 30 metros da chegada… Se eu tivesse encontrado ela um pouco antes teria bebido água dela tranquilamente, pois houve uma hora que a sede apertou… Vale lembrar que Natal é a capital do Brasil com os maiores índices de ráios Ultra Violeta, o sol daqui é um “pouquinho” forte, não é a toa que ganhamos o nome de “Cidade do Sol” por ser a cidade do Brasil com mais dias de incidência do sol durante o ano… xD

  4. Sinistro mesmo dirceu essa sua trip! q bom q tudo acabou bem ne! hehehehehe

    😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: